Sobre o Tratamento:

A área de cirurgia oral é a responsável por todos os atos cirúrgicos relacionados às extrações de dentes. Problemas como cáries extensas ou quadros de inflamação ou infecção envolvendo o dente e suas estruturas de suporte (osso e periodonto) são as principais indicações para a remoção de um dente da boca.  Além disso, as extrações também podem ser indicadas quando não há espaço suficiente na boca para todos os dentes, como em alguns casos de pacientes que fazem tratamento ortodôntico ou que tem a necessidade de realizar a extração dos sisos.

Todos os procedimento de extração são realizados com o uso de anestesia local. Em algumas situações clínicas pode ser necessário o afastamento da gengiva ou algum desgaste ósseo para que seja possível a remoção do dente, sendo essas condutas frequentes nos casos de extração de dentes que ainda não tenho nascido.

Ao final do procedimento de extração é de praxe a realização de pontos para auxiliar no fechamento da ferida. No período pós operatório, há a indicação de algumas precauções simples que devem ser seguidas para uma melhor cicatrização e bem estar do paciente. Além disso, podem ser prescritas medicações e bochechos para antes e depois da cirurgia. Portanto, a qualidade da recuperação da cirurgia depende da colaboração do paciente, seguindo as orientações passadas pelo cirurgião dentista.

 

A área de cirurgia oral é a responsável por todos os atos cirúrgicos relacionados às extrações de dentes. Problemas como cáries extensas ou quadros de inflamação ou infecção envolvendo o dente e suas estruturas de suporte (osso e periodonto) são as principais indicações para a remoção de um dente da boca.  Além disso, as extrações também podem ser indicadas quando não há espaço suficiente na boca para todos os dentes, como em alguns casos de pacientes que fazem tratamento ortodôntico ou que tem a necessidade de realizar a extração dos sisos.

Sobre o Tratamento

Todos os procedimento de extração são realizados com o uso de anestesia local. Em algumas situações clínicas pode ser necessário o afastamento da gengiva ou algum desgaste ósseo para que seja possível a remoção do dente, sendo essas condutas frequentes nos casos de extração de dentes que ainda não tenho nascido.

Ao final do procedimento de extração é de praxe a realização de pontos para auxiliar no fechamento da ferida. No período pós operatório, há a indicação de algumas precauções simples que devem ser seguidas para uma melhor cicatrização e bem estar do paciente. Além disso, podem ser prescritas medicações e bochechos para antes e depois da cirurgia. Portanto, a qualidade da recuperação da cirurgia depende da colaboração do paciente, seguindo as orientações passadas pelo cirurgião dentista.

 

Novidades Sobre o Tratamento

Deslize para ver mais
Anterior
Próximo

Receba novidades da Sorrifácil